Compra e troca de usado viram mania em sites e blogs

In: Comportamento

16 Mai 2011

A roupa que não serve mais, os patins que ficaram para trás junto com a infância, o livro que virou suporte para o computador, o sofá que não cabe na casa nova. Tudo o que você não quer mais pode virar dinheiro em blogs e sites pessoais. Os e-consumidores ganham força na internet em duas formas: na venda do usado ou na troca dele. A advogada paulista Paula Carvalho, 41, com o armário lotado de roupas de grife, comprou um manequim. Tirou fotos dele com as peças que não queria mais e divulgou na internet. Assim nasceu o useieenjoei.com.br.

“Muita gente tem alguma coisa em casa que comprou e encostou. O site dá a essas pessoas a oportunidade de se redimir desses equívocos. De se livrar de algo que está encostado e ainda ganhar algum dinheiro”, diz. O diário virtual de Paula é um de muitos disponíveis on-line. Ainda não há levantamento sobre esse nicho, considerado informal. Uma rápida pesquisa, contudo, mostra uma longa lista deles.

BEBÊS
Faz parte desse rol o blog da publicitária de Porto Alegre Cristina Teke, 35, mãe de Martina, de quase 4 anos: bazardasmamaes.blogspot.com. “Reparei o quanto minha filha crescia e acabava usando muito pouco o que tinha. Montei o blog para vender e trocar com outras mães”, afirma.

Segundo ela, as vendas não geram lucro. O objetivo principal é evitar o desperdício. “Há um tempo a maioria das pessoas associava a palavra brechó a itens velhos, sujos e de baixa qualidade. Hoje, vejo uma procura grande por esse tipo de consumo mais consciente”.
Para amenizar os gastos com educação, o estudante de doutorado de Belo Horizonte Samur Araújo, 32, criou o livralivros.com.br. É um site onde qualquer um pode trocar livros. A única despesa é com o frete.

O processo é simples. A pessoa monta uma lista de livros que quer trocar e divulga no site. Qualquer usuário pode solicitar uma opção dessa lista. E, quando ele recebe a obra pelo Correio, o fornecedor ganha um ponto. O ponto dá à ela o direito de requerer outro livro do site. “Fiz com a intenção de trocar os meus livros. Mas já são mais de 12 mil pessoas cadastradas e mais de 28 mil trocas feitas. A troca desperta o hábito de não consumir”, diz.

Depois que a publicitária de Florianópolis Débora Queda, 40, passou a fazer negócio por meio do nosotaodatiatinha.blogspot.com, seu hábito de consumo mudou. “Descobri um universo de consumo muito interessante, o de produtos de segunda mão. Acho que isso tende a crescer, pois está alinhado com novos pensamentos mais ecológicos”.

Via Folha de S. Paulo

Comentarios encerrados.

Bem-vindo à FS!

Sua empresa pode ter as mais importantes notícias do seu setor, exclusivamente, através de senha e login próprios. É um clipping específico para a sua necessidade. Periodicamente atualizados, as matérias, artigos, vídeos, informações de cada setor e categoria que você escolher tornam essa ferramenta imprescindível para tomada de decisões e criação de ações de marketing. Entre em contato e conheça nossos serviços.

Photostream

Siga-nos no Twitter