Indústria traz a revolução tecnológica pela TV

In: Comunicação

8 Set 2011

De um lado, é a evolução da tecnologia da imagem digital, da alta definição e da TV 3D. De outro, é a convergência de conteúdos e serviços, que transforma o televisor doméstico numa plataforma de múltiplos conteúdos e aplicativos. Essa é a revolução por trás de cada televisor mostrada por esta edição da feira de eletrônicos IFA, em Berlim. O melhor exemplo dessa revolução é TV conectada, resultado do casamento entre o televisor e a internet. Surge daí uma nova televisão à la carte, enriquecida com o vasto conteúdo de filmes, de jornalismo online, de documentários de alto valor cultural e de programas de todos os tipos de emissoras de todo o mundo. A TV se transforma, assim, num fenômeno global, sem fronteiras.

Todos os grandes fabricantes e operadoras de telecomunicações apresentaram em Berlim sua proposta de TV conectada: as coreanas Samsung e LG; a holandesa Philips; as japonesas Panasonic, Sony e Sharp; e as alemãs Lowe e Telekom (T-Systems). Todas enfatizaram, nos seis dias da IFA 2011, a evolução desse casamento da web com o televisor – que dá uma nova beleza às imagens da web e permite até o acesso a filmes de alta definição ou de aplicações em 3D.

Aqueles que subestimaram a possibilidade de fusão entre a TV e a internet devem rever seus conceitos. É claro que, como frisam os especialistas, a TV conectada exige mais educação, mais mudança de comportamento, pois se baseia na permanente vontade de escolher, de mudar e de interagir que o novo telespectador começa a revelar. Essa mudança de comportamento é bem mais visível nas novas gerações. Com a web, a televisão se torna um meio de comunicação universal, e o número de canais abertos tende a explodir.

Educação. Um dos maiores especialistas nessa área, David Tice, vice-presidente da Knowledge Networks, uma empresa de pesquisa especializada dos Estados Unidos, diz que o público está aprendendo a utilizar e a gostar de todas as formas de ambientes conectados. “O novo telespectador quer variedade, flexibilidade e uma nova amplitude de escolha”, diz Tice. “E mais: quer assistir aos mais diversos conteúdos a qualquer hora, sem qualquer limitação ou barreira.” Esses novos telespectadores não aceitam mais a baixa qualidade das imagens que a internet oferecia, principalmente em decorrência da banda estreita. Não teremos, é claro, uma mudança repentina de hábitos da maioria dos telespectadores, ainda muito passiva e pouco acostumada às formas interativas na TV. O grande fator de mudança, no entanto, é a internet, pois ela é essencialmente interativa.

Outro fator de mudança será a disponibilidade cada vez maior de banda larga. Com a banda larga e, em especial, com a fibra óptica, a TV conectada e muitas outras formas de TV sobre protocolo IP já podem oferecer até filmes em alta definição. A tudo isso se soma a paixão despertada pelas redes sociais, como Facebook e Twitter, entre outras.

Resposta à crise. Para vencer a crise nada melhor do que inovar. Mais do que um slogan bonito, essa frase parece definir com precisão a estratégia adotada pela indústria nesta edição da IFA. Com tantas inovações e a participação de corporações de mais de 50 países, a IFA mostrou que, embora a Europa atravesse uma inegável crise econômica, a indústria eletrônica tem uma força própria impressionante. À exceção de uma participação um pouco menor do Japão, todos os demais gigantes da eletrônica mundial ampliaram sua presença e disputaram cada metro quadrado do espaço para demonstração de suas inovações.

Não é difícil entender as razões desse sucesso. As tecnologias digitais e, em especial, a internet uniram setores que eram inteiramente separados no passado, como as telecomunicações, a computação, a televisão, o rádio, o jornalismo e o conteúdo de entretenimento. Com isso, a convergência deixou de ser uma tendência teórica de longo prazo, para se tornar uma realidade que integra toda a eletrônica.

Via O Estado de S. Paulo

Comentarios encerrados.

Bem-vindo à FS!

Sua empresa pode ter as mais importantes notícias do seu setor, exclusivamente, através de senha e login próprios. É um clipping específico para a sua necessidade. Periodicamente atualizados, as matérias, artigos, vídeos, informações de cada setor e categoria que você escolher tornam essa ferramenta imprescindível para tomada de decisões e criação de ações de marketing. Entre em contato e conheça nossos serviços.

Photostream

Siga-nos no Twitter