Congresso dá dicas para marcas entenderem o cérebro

In: Comportamento

2 Mai 2012

A ciência está dominando a capacidade de ler a mente do consumidor e já consegue identificar com precisão quando um produto vai emplacar ou não no mercado. Resultados experimentais e novas metodologias voltadas a este propósito serão apresentados durante o 8º Congresso Brasileiro do Cérebro, Comportamento e Emoções, pelo professor da UNIFESP, Álvaro Machado Dias.

O neuromarketing está ganhando adeptos em todo o mundo, inclusive no mercado brasileiro, com a possibilidade de beneficiar várias empresas. Para tanto, um dos pontos de partida é entender que as avaliações das pessoas acerca de produtos a serem lançados no mercado e das propagandas são muito variáveis, enquanto as respostas cerebrais tendem a permanecer mais constantes.

Segundo o especialista Álvaro Dias, “a instabilidade nas opiniões, seja em função de influências sociais ou da mera passagem do tempo, diminui a confiabilidade de conclusões de pesquisas de marketing e de estudos que visam prospectar a aceitação de novos produtos. Com o uso das técnicas da neurociência, esse efeito pode ser minimizado, já que as respostas cerebrais tendem a ser mais estáveis”.

O especialista ressalta a existência de diversas situações em que a avaliação de preferências não pode ser realizada sem que o cérebro seja analisado em tempo real: “considere, por exemplo, uma situação em que seja necessária a edição de um comercial para a produção de uma versão enxuta a ser veiculada no horário nobre: não adianta pedir para os participantes da pesquisa de marketing sinalizarem os momentos mais interessantes durante a apresentação do comercial, pois deste modo a experiência estética seria quebrada, o que inviabilizaria a avaliação do filme como um todo. Para cada situação há uma estratégia neurocientífica capaz de maximizar custos/benefícios. Conhecer a fundo isto e produzir diretrizes para melhores práticas no campo é fundamental.

O Laboratório de Neurociências de Clínicas (LINC) da UNIFESP vem desenvolvendo estudos em tomadas de decisão e um dos nossos objetivos principais é o de definir precisamente as metodologias ideais para as diferentes demandas existentes. Isto não é tarefa simples; enquanto, por exemplo, para maximizar a experiência de navegação pela internet é bastante evidente que a ferramenta básica é o eye tracking, existem pelo menos três estratégias potencialmente interessantes para se definir a preferência por filmes. Critérios bem definidos são fundamentais”, enfatiza Dias.

Este futuro parece trazer consigo não apenas estas questões, mas um conjunto de aplicações que prometem revolucionar campos insuspeitos. Por meio do neuromarketing desponta a possibilidade de se produzir desde músicas de sucesso e filmes de terror plenamente assustadores, até diretrizes para o refinamento de discursos políticos em tempo real.

Serviço:

8º Congresso Brasileiro de Cérebro – Comportamento e Emoções
Data: 2 a 5 de maio de 2012
Local: Centro de Exposições Frei Caneca
Endereço: Rua Frei Caneca, 569, 6º andar – Consolação – São Paulo
Site oficial do evento: www.cbcce.com.br

Via adNews

Comentarios encerrados.

Bem-vindo à FS!

Sua empresa pode ter as mais importantes notícias do seu setor, exclusivamente, através de senha e login próprios. É um clipping específico para a sua necessidade. Periodicamente atualizados, as matérias, artigos, vídeos, informações de cada setor e categoria que você escolher tornam essa ferramenta imprescindível para tomada de decisões e criação de ações de marketing. Entre em contato e conheça nossos serviços.

Photostream

Siga-nos no Twitter